Índia realiza teste bem-sucedido de míssil com capacidade nuclear


da France Presse
da Reportagem Local

Após dois lançamentos frustrados no ano passado, a Índia anunciou nesta segunda-feira que testou com sucesso um míssil de médio alcance com capacidade nuclear na costa oriental.

O míssil Agni 2, capaz de transportar uma ogiva nuclear a 2.500 km, foi disparado de uma plataforma de lançamento móvel em uma ilha na costa de Orissa.

"Foi um lançamento muito bem-sucedido. Cumpriu com todos os objetivos da missão", disse à agência Ians o diretor do teste, S.P.Dash.

Este foi o primeiro teste do Agni 2 desde o fracasso de um disparo noturno em novembro de 2009.

A Índia já dispõe de um míssil com capacidade nuclear Agni-3, com alcance máximo de 3.500 quilômetros, testado quatro vezes com êxito desde 2006. O governo indiano espera testar dentro de 12 meses um míssil Agni capaz de transportar uma carga nuclear a 5.000 km.

A Índia testa frequentemente mísseis que desenvolve para uso militar, assim como o Paquistão.

Os dois países devem se reunir em Islamabad em 15 de julho, enquanto tentam retomar um diálogo de paz interrompido em 2008, após os ataques terroristas em Mumbai.

A Índia atribui a ação --que matou 166 pessoas-- a um grupo militantes paquistanês.

A Índia e o Paquistão travaram três guerras desde que se tornaram independentes do Reino Unido, em 1947 --duas delas motivadas pela disputa do controle da região da Caxemira.

0 comentários:

Postar um comentário