Partido faz reunião decidir destino de infiéis

Partido faz reunião decidir destino de infiéis
Infidelidade partidária supostamente praticada pelos deputados estaduais Doda de Tião, Wilson Braga e Márcio Roberto, além dos ex-deputados Quinto de Santa Rita e Iraê Lucena, é o principal tema da pauta da reunião convocada para hoje, pelo presidente do Diretório Estadual do PMDB da Paraíba, Antônio Sousa. A reunião está prevista para começar às 10 horas, no auditório da sede do partido, em João Pessoa.

Foram convocados para a reunião os ex-governadores José Maranhão e Roberto Paulino, os senadores Wilson Santiago e Vital do Rêgo Filho, os deputados federais e os deputados estaduais, além do prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo.

O deputado federal Benjamin Maranhão, que preside o Diretório Municipal do PMDB de João Pessoa, disse que, além da infidelidade, o encontro discutirá a realização de encontros regionais do PMDB e os preparativos do partido para as eleições municipais de 2012. O PMDB terá candidato a prefeito na grande maioria dos 223 municípios do Estado, segundo o presidente estadual da legenda, Antônio Sousa.

Ainda em relação à infidelidade partidária supostamente cometida por parlamentares e ex, Benjamin declarou que, qualquer que seja a posição adotada pelo partido, todos eles terão direito ao contraditório. “O ex-governador José Maranhão quer uma posição do partido e da bancada. E seja lá qual for a posição, os deputados e ex-deputados terão amplo direito de defesa”, comentou Benjamin Maranhão.


O cabaré com Jornal Correio

0 comentários:

Postar um comentário