Prefeito denuncia existência de plano de morte arquitetado de dentro de presídio paraibano

O prefeito da cidade de Santa Rita Severino Alves Barbosa, mais conhecido como Netinho (PR), denunciou a existência de um plano para matá-lo arquitetado de dentro de um presídio da Paraíba.


prefeito da cidade de Santa Rita Severino Alves Barbosa, mais conhecido como Netinho (PR), denunciou a existência de um plano para matá-lo arquitetado de dentro de um presídio da Paraíba. Além dele, seriam vítimas do plano os vereadores Josa de Nezinho (Presidente da Câmara), João Júnior e Aurian Lima.
 Segundo ele, a informação foi repassada no dia da posse (20/03/2014) pelo Coronel Júlio Cézar ( Comandante do 7º Batalhão da Polícia Militar), após interceptações de ligações telefônicas por parte do grupo de inteligência da Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social do Governo do Estado.
Netinho desafiou Reginaldo a ir com ele a uma feira pública da cidade para mostrá-lo que o povo não o quer mais como gestor. “Politicamente Reginaldo Pereira já está morto na cidade de Santa Rita”, afirmou.
Na avaliação do atual chefe do executivo santarritense, o verdadeiro traidor da cidade chama-se Reginaldo Pereira por ter traído a confiança dos seus moradores e que todo o seu choro não passa de falsidade por não liberar uma só lágrima. Ele acusou Reginaldo Pereira de não agir como homem ao não assmir o que fala. Para ele, o ex-prefeito nunca assumiu que agrediu verbalmente uma magistrada da cidade.

fonte Sópb

0 comentários:

Postar um comentário