Tribunal de Contas e Ministerio Público podem investigar compra de gasolina pela Prefeitura de Santa Rita

O Tribunal de Contas do Estado e o Ministério Público podem investigar o convênio celebrado entre a Prefeitura de Santa Rita e um posto de Revenda de Combustível no valor superior a R$ 1.6 milhão, para compra de combustível para a frota municipal.
Com o dinheiro do convênio celebrado entre a Prefeitura de Santa Rita e a Comercial de Combustíveis Santa Rita, proprietária de um único posto de combustível, num carro que fizesse 10 quilômetros por litro, seria suficiente para dar mais de 142 voltas ao redor da Terra, caso fosse possível fazer o percurso rodando sobre a linha do Equador.
O convênio superior a R$ 1.650.200,00 foi celebrado através de pregão presencial - processo de Nº 049/2014 - publicado no Diário Oficial Eletrônico do Município, em ato assinado pelo prefeito Netinho de Várzea Nova, no último dia 07. 
A dinheirama, a ser pago com o dinheiro de contribuinte, daria para comprar exatos 571 mil e 3 litros de gasolina a R$ 2,86 ( preço médio da maioria dos postos de revenda de combustível). Um carro utilitário, por exemplo,  rodaria exatos 5 milhões, 710 e 30 km.
A muda de onde tudo provem, não informou o número de carros que serve a Prefeitura de Santa Rita, mas, certamente, o dinheiro público fará jorrar o 'precioso liquido'.
gasolina

 Do Cabaré 
Fonte http://www.clickpb.com.br/noticias/policial/tc-e-mp-podem-investigar-compra-de-gasolina-pela-prefeitura-de-santa-rita/

0 comentários:

Postar um comentário