Servidores paralisam atividades em Santa Rita


Em mais uma assembleia realizada nesta terça-feira (6) em sua sede do sindicato dos servidores públicos municipal de Santa Rita – Sinfesa rejeitou a proposta e paralisou as atividades da secretaria de saúde até que a prefeitura de Santa Rita se mobilize para efetuar os pagamentos de décimo terceiro salário referente aos servidores da saúde e a folha de pagamento do mês de dezembro 2014 dos servidores públicos do município.

Na assembleia, com os servidores da secretaria de saúde e demais setores que tiveram seus salários reduzidos em até mais de 1 mil reais por servidor em a categoria apreciou e votou á unanimidade pela rejeição da proposta enviada pelos secretários de administração, finanças e saúde, que consta assinatura do ministério público sem a participação do maior interessado e prejudicado que é o servidor do município, que até o presente momento não recebeu seus salários.

Conforme o presidente do sindicato José Farias afirmou diante da categoria que os prazos para pagamentos em lei expiraram e a paralisação é legal ( Décimo terceiro até dia 20/2014 e pagamento da folha até o último 5º dia útil do mês), “ Desde que essa gestão se instalou em 2013, o prefeito Reginaldo Pereira assinou os acordos com a direção do sindicato representando a categoria e nunca cumpriu”, e na prefeitura os repasses do dia 20 e 30 dezembro entraram nos cofres públicos e a prefeitura não efetuou os devidos pagamentos, complementou o sindicalista.

De acordo com os servidores em assembleia confirmaram que na prefeitura foram repassados R$ 14, 5 mil, e o prefeito afastado deixou parte do recurso para pagamento e a categoria tem acessado os repasses via banco do Brasil, e o atual prefeito insisti em dizer que não tem dinheiro para efetuar o pagamento e estendeu para o dia 12 janeiro que a categoria não concordou e continua paralisada até o referido pagamento.

O presidente do Sindicato José Farias confirmou em assembleia que a direção Sinfesa não vai se curvar a prefeito nenhum que esteja assumindo a prefeitura e que nosso compromisso é com os servidores, e desde já o presidente convocou todos os servidores em assembleia geral nesta quinta-feira (8), pela manhã na sede no centro na Juarez Távora 375, para discutir décimo terceiro, folha de apagamento, piso salarial, além de outras questões referentes a categoria, frisou José Farias

Cabaré com paraiba urgente.

0 comentários:

Postar um comentário