Vitória de Reginaldo Pereira no STJ sepulta sonha de Netinho que pode dar adeus a vida pública

Na política a máxima  “A males que vem para bem” está sendo uma grande verdade na cidade de Santa Rita. Depois de toda a tempestade e do furacão que enfrentou o prefeito eleito de Santa Rita, Reginaldo Pereira, começa a viver um novo tempo e finalmente colocou a cidade canavieira nos trilhos certos da prosperidade. O prefeito Reginaldo aprendeu com os erros e as injustiças e agora começa a elevar a alto estima da cidade com ações lúcidas e acertada digna de um administrador mais focado.
Já o seu adversário e ex algoz, vice-prefeito Netinho de Várzea Nova (PR) enfrenta a sua pior fase política podendo não escapar nas próximas eleições e amargar uma derrota para vereador. Primeiro sofreu uma grande derrota quando o desembargador José Ricardo Porto  negou um mandado de segurança impetrado pelos seus advogados. Ele entendeu que o mandado não era cabível para cassar a decisão liminar em agravo de instrumento concedida ontem pelo juiz convocado Aloizio Bezerra. Com isso, Reginaldo Pereira,  comemorou sua permanência definitiva na prefeitura de Santa Rita.


Mas a grande derrota de Netinho foi  em Brasilia no Superior Tribunal de Justiça,  o ministro Francisco Falcão, relator do pedido da Câmara de Santa Rita e do vice-prefeito Netinho de Várzea Nova (PR) decidiu negar o recurso protocolado pelo ex-prefeito de Santa Rita e pela Câmara Municipal pedindo a suspensão da liminar que levou Reginaldo Pereira (PRP) de volta à prefeitura. Assim, a gestão municipal permanece sem alterações e Reginaldo está mantido como prefeito.

O cabaré com polemica  Paraíba

0 comentários:

Postar um comentário