Estudantes da Paraíba conquistam prêmio nacional de redação


Estudantes comemoram importante conquistaO estudante Clemilson da Silva, 12 anos, natural da cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa, conquistou o primeiro lugar no 8º Prêmio Nacional de Redação do Programa Cooperjovem, que foi entregue nesta terça-feira (7), em Brasília. O aluno foi premiado na categoria I, voltada para o 4º e 5º anos do Ensino Fundamental, que teve como terceira colocada a também paraibana Andressa Alexandre da Costa, que é colega de Clemilson na Escola Municipal Jaime Lacet, de Santa Rita.



Promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop), o Prêmio registrou quase 12 mil redações inscritas por estudantes que abordaram o tema “Desenvolvimento Sustentável para todos: juntos podemos construir um mundo melhor”. Participaram estudantes de escolas públicas e cooperativas educacionais dos estados do Paraná, Santa Catarina, Tocantins, Pernambuco, Paraíba, São Paulo, Rio Grande do Norte, Rondônia, Mato Grosso do Sul, Piauí.



Acompanhado da diretora e de professoras da escola, o Clemilson afirmou que a premiação foi uma grande surpresa. “Quando escrevi meu texto, não imaginava que seria um dos premiados, muito menos um dos primeiros lugares. As redações dos meus colegas eram muito boas também. Quando vi meu nome no telão lá da minha escola, fiquei muito feliz e minha mãe me disse que eu era o melhor filho do mundo”, contou.


Também presente na premiação, o superintendente do Sescoop/PB, Pedro D’ Albuquerque, falou sobre a importância do Programa Cooperjovem na construção da cultura da cooperação nas escolas. “Graças ao trabalho dos professores e à participação dos alunos, o Cooperjovem vem atingindo bons resultados na Paraíba. Tanto que nas oito edições do Prêmio, os estudantes paraibanos se destacaram entre os dez primeiros colocados. Estas crianças são o futuro de um país que pode ser menos individualista e mais cooperativista”, afirmou.


Para o presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras, Márcio Lopes de Freitas, o prêmio representa todo o compromisso que a instituição tem com o Cooperjovem. “Acreditamos que esta ação, cujo objetivo é a disseminação dos valores e princípios cooperativistas, seja capaz de mudar a realidade do país, mesmo que os estudantes não trilhem pelos caminhos do cooperativismo. Esses valores são bons, responsáveis, universais e têm o poder de influenciar a sociedade”, comentou.


Sobre o Programa Cooperjovem


O Cooperjovem é uma iniciativa da OCB, desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop) desde 2007 e envolve quase 100 mil alunos, 411 escolas, apoio de 79 cooperativas, localizadas em 140 municípios, em 13 estados do país. Na Paraíba, o Programa beneficia mais de 6 mil alunos em 41 escolas públicas distribuídas por 12 municípios.

o cabaré com 


0 comentários:

Postar um comentário