Professores em greve fazem protesto por reajuste em Santa Rita, na Paraíba


Do G1 PB
Professores da rede municipal protestam em Santa Rita (Foto: Walter Paparazzo/G1)Professores da rede municipal protestam por reajuste em Santa Rita, na Grande João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)
Em greve desde o dia 27 de abril, os professores da rede municipal de Santa Rita, cidade localizada na Grande João Pessoa, promoveram uma caminhada na manhã desta quinta-feira (7) para cobrar da administração do município respostas a respeito das propostas de reajuste salarial. Cerca de 200 pessoas participaram da manifestação, que se passou pelas secretarias de Educação e de Administração.
De acordo com o presidente do Sindicato dos Funcionários Públicos do Município de Santa Rita, José Farias, os professores cobram reajustes de 8,8% para os servidores de apoio da Educação e de 13,1%, conforme o piso nacional, para os professores. Ainda segundo Farias, em uma reunião antes do início da greve, a Prefeitura de Santa Rita teria firmado um compromisso de implementar o reajuste a partir do mês de maio com retroativo referente a janeiro.

Uma sessão especial será realizada na câmara de vereadores de Santa Rita nesta sexta-feira (8) para discutir o reajuste salarial dos professores da rede municipal. Os secretários de Educação, Finanças e Administração foram convidados a participar do debate na casa legislativa, segundo o Sindicato dos Funcionários Públicos do Município de Santa Rita.O secretário de comunicação de Santa Rita, Carlos Ferreira, explicou que uma reunião com os secretários de Finanças, Administração e Educação será realizada para avaliar o impacto do reajuste e estudar o percentual cabível. “O salários não estão atrasados. A Prefeitura entende que um reajuste desta natureza só pode ser concedido a partir de um planejamento”, ressaltou o secretário.

o cabaré com G1PB

0 comentários:

Postar um comentário