Lula e Sérgio Cabral, filmados por rapaz de 17 anos, viram hit na internet


MARCOS DE VASCONCELLOS
DE SÃO PAULO



Vídeo postado ontem no Youtube mostra o presidente Lula e o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, em uma situação embaraçosa com um garoto de, supostamente, 17 anos, que se apresenta como Leandro. Em um dia, o vídeo já teve mais de 3,2 mil visualizações.

O rapaz aparece reclamando para Lula que não pode jogar tênis no complexo esportivo que recebia a visita do presidente, no Rio, ao que Lula responde: "tênis é esporte da burguesia".
Leandro aparece dizendo a Lula que não pode nadar porque a piscina do local fica fechada durante os finais de semana. O presidente, então, recomenda a Cabral e sua equipe que coloquem duas pessoas para trabalhar lá aos finais de semana. "O dia que a imprensa vier aí e vir isso fechado, o prejuízo político é infinitamente maior do que colocar dois guardas aí", diz Lula.

Abraçado ao presidente, o rapaz conta que acorda com o "caveirão" (veículo blindado da Polícia Militar do Rio de Janeiro) na porta de casa. Nesse momento Sérgio Cabral interrompe perguntando "lá não tem tráfico não?" E, ao ouvir a resposta negativa do jovem, o governador diz: "deixa de ser otário, está fazendo discurso de otário".

0 comentários:

Postar um comentário